segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Por onde anda o amor?


Por onde anda o amor?
Aquele que ardia o peito quando lembrava do seus olhos.
Por onde anda o amor?
Que só de sentir um simples toque entre os dedos, me levava acima dos planetas.
Por onde anda o amor?
Que uma palavra no pé do ouvido, afetava todos os sentidos.
Por onde anda o amor?
Que trás inspiração, melodia, voz e canção.
Por onda anda o amor?
Que no perfume da nuca, na curva do ombro, as mãos no cabelo, o cheiro do beijo, no respirar, me faz encontrar lar.
Por onde anda o amor?
Que ao despertar ficava te observar a acordar, e mesmo com o cabelo desarrumado, cara amassada realmente não importava...
Por onde anda o amor?
Que existia aquele abraço que enlaça devagar, que deixava os meus dias mais perfeitos.
Por onde anda o amor?
Que me faz sorrir em escutar suas histórias.
Por onde anda o amor?
Que não se importa em dividir um colchão, e fazer meu corpo de travesseiro.
Por onde anda o amor?
Será que o poeta estava certo, quando disse que só temos uma chance de amar?


Nenhum comentário: